Fundo site Paróquia São Sebastião
Logotipo Paróquia São Sebastião
Assistir Missa

Assista a missa On-line.

Ver mais horários e locais
Apostolado da Oração

O Apostolado da Oração teve origem numa casa de estudo da Companhia de Jesus, na França, na festa de S. Francisco Xavier do ano de 1844. Naquela ocasião, o Padre Espiritual do Colégio – P. Francisco Xavier Gautrelet – fez uma conferência aos estudantes, em que explicou como podiam eficazmente satisfazer o desejo de colaborar com os que trabalhavam nos vários campos de apostolado para a salvação dos homens. Podiam fazê-lo, sem interromper o seu trabalho principal, que era o estudo, oferecendo com fim apostólico as suas orações, os seus sacrifícios e trabalhos.

Fundadoras do Apostolado na paróquia São Sebastião em 07/09/1951
Maria Honorato, Dulce Irene de Paula Pinto, Clorita Herthel Vidigal, Custódia de Almeida, Edith Lamas.
As fundadoras, com outras zeladoras e suas zeladas iniciaram seus trabalhos em uma pequena Capela que pertencia à Paróquia de São Miguel e Almas.

Com o aumento da população na comunidade, o então vigário Pe. Geraldino Cunha, apoiado pelo Apostolado da Oração, Liga Católica, Congregação Mariana e outros movimentos, trabalharam para a construção da Matriz, de forma que pudesse acolher melhor o grande número de paroquianos.
Ao longo desses anos, desde a sua fundação, o Apostolado se dedicou sempre à oração, adoração, ao Santíssimo Sacramento, Celebrações Eucarísticas e outros momentos de espiritualidade.

Através de um cadastramento das famílias paroquianas, realizou a Entronização do Sagrado Coração de Jesus nos lares.
Muitas zeladoras, entre elas, D. Olga, Maria Satiro, D. Estelia, D. Geralda Martins, se dedicaram durante muitos anos à Catequese Paroquial, preparando as crianças para o Sacramento, além de organizar as Coroações em homenagem a Nossa Senhora, durante todo o mês de Maio, auxiliadas por
zeladas: Luciana, Izabel Maria, Lucy de Souza.

Uma história com altos e baixos, como é a história dos homens, mas que não tem deixado de produzir abundantes frutos. Os Anais do Apostolado da Oração são uma das mais belas páginas da história da Igreja em Portugal. E nós sabemos como, em tempos relativamente recentes, quando a propaganda autorizada do mal se propunha eliminar em duas gerações os últimos vestígios do Catolicismo, em terras lusitanas, foi o Apostolado da Oração, por testemunho dos sagrados pastores, uma das principais forças da resistência, para manter vivo o espírito cristão e o fazer vigoroso, mal a tempestade acenou a abrandar.