Fundo site Paróquia São Sebastião
Logotipo Paróquia São Sebastião
Assistir Missa

Assista a missa On-line.

Ver mais horários e locais
São Domingos
História da comunidade São Domingos
Por: Zilda Fagundes do Nascimento

A comunidade começou quando o terço era rezado na casa dela e as pessoas passaram a rezar o terço com uma maior freqüência todos os dias nas ruas do bairro e logo após o terço. Depois havia novena de natal e mutirões que ajudavam as famílias necessitadas da comunidade. O nome da comunidade foi escolhido porque foi são domingos que propagava o terço mariano e, portanto passou a ser chamada a comunidade assim graças a generosa Dona Lininha Amorim.

Quando a comunidade foi fundada a uns vinte anos era na casa de um dos membros e passou a ser celebradas na casa de antigos moradores, a comunidade possui o terreno e deseja fazer a comunidade, apesar dela não estar caminhando muito bem. O pe. Anchieta celebrou a primeira missa para a fundação da comunidade na csa da mesma moradora dona Zilda que posteriormente passou a ser ministra da comunhão e servir a paróquia.

História de São Domingos de Gusmão

Domingos (ou Dominique)  nasceu no ano de 1170, em Caleruega, pequena localidade na Velha Castelha.  O pai, Félix de Gusmão, pertencia a uma família de alta linhagem na Espanha;  a mãe era Joana de Aza.  Antes de Domingos nascer, sua mãe, em sonho misterioso, viu um cão que trazia na boca uma tocha acesa, de que irradiava luz sobre o mundo inteiro. Efetivamente, São Domingos  veio a  ser uma luz extraordinária de  caridade e de zelo apostólico, que dissipou grande parte das  trevas das heresias e restabeleceu a  verdade em milhares de corações vacilantes.   Domingos,  foi o nome  dado à criança, devido à uma devoção que a mãe do santo tinha com São Domingos de Silos, do qual um dia teve uma aparição, comunicando-lhe os planos divinos em referência ao recém-nascido.  A esse aviso extraordinário, os pais corresponderam com esmerada atenção na  educação do filho.  Domingos,  pequeno ainda, deu provas de  inclinação declaradíssima às coisas de  Deus.

São Domingos de Gusmão, rogai por nós!