Fundo site Paróquia São Sebastião
Logotipo Paróquia São Sebastião
Assistir Missa

Assista a missa On-line.

Ver mais horários e locais
Terço da Famiília

O santo padre o papa João Paulo II, Exclamou na mensagem do Natal de 1979: A família, primeira célula vital da sociedade, como a definiu o Concílio Vaticano II, é a reserva das venturas ou desventuras da sociedade de amanhã. Contra os ataques externos a que hoje são submetidos, apresentai e defendei os valores genuínos da família e do matrimônio cristão. Só mantendo esses valores, espirituais e humanos, a família se consolida como célula social importantíssima, e ao mesmo tempo, como primeiro ambiente evangelizador.

O terço rezado em coro pela família atrai sobre ela as bênçãos do Céu, porque o Senhor prometeu: Onde se encontrarem dois ou três reunidos em meu nome, eu estou no meio deles (Mt 18,20). O grande apóstolo do Rosário do século XX, Padre Patrício Peyton, que fez senão propagar através da pregação, do rádio, do cinema e da televisão a devoção do terço, sobretudo em família? Por toda a parte repetia o mote: “Família que reza unida, é família que vive unida”.

O Papa João XXIII escreveu: “Abençoado Rosário de Maria!”. Quanta doçura ao ver-te erguido pelas aos dos inocentes, dos sacerdotes santos, das almas puras, dos jovens e dos anciãos, de todos os que apreciam o valor e a eficácia da oração, erguida por inumeráveis e numerosas multidões como emblema e como sinal de paz nos corações e no meio das gentes» (O Rosário pela Paz no Mundo, 22 de setembro de 1961).

O Sumo Pontífice Bento XV, que como nenhum outro, recomendou tantas vezes esta piedosa devoção: “Sede fiéis aos exercícios de piedade mariana, tradicionais na Igreja: a Oração do Ângelus, o Mês de Maria e, de modo especial, o terço”.

Um belo exemplo mostra como a Mãe de Deus abençoa as famílias que unidas rezam o terço
Dom Ezequiel Gutiérrez, que foi Presidente da República da Costa Rica, encontrava-se certa noite numa cidade a rezar o terço com a esposa, filhos e empregadas. De repente sentem-se ruídos espantosos e as paredes da casa a tremer. Os pequenos assustados querem ver o sucedido, mas aquele cristianíssimo chefe de família levanta-se e diz:
- Enquanto não acabarmos o terço, ninguém sai daqui. Quando acabaram, viram o que tinha acontecido. Um pavoroso tremor de terra que arrasou completamente a cidade. No meio das ruínas só ficou em pé, sem um vidro estalado, nem uma telha partida, a casa em que se estava a rezar o terço. Ainda lá está hoje, como um santuário a mostrar ao mundo as graças que Nossa Senhora concede às Famílias que rezam em coro, cada dia, o terço. Para viver a cristandade da família, promovamos entre ela a reza do terço, pois, repetindo as palavras do Papa Pio XII, é esse um dos meios mais eficazes para conduzir à lei do Evangelho.